sábado, 17 de abril de 2010

Marketing institucional ::

O autor do artigo é Roberto Kalil, no site Administradores.com.br, e me lembrou da tecla que a gente vive batendo na aula e no trabalho: a comunicação.
Basicamente é isso:
- o marketing comercial visa prospecção em vendas
- o marketing institucional vai ser a ponte entre a organização e os vários públicos, seja interno, cliente ou fornecedor
Esse tal marketing institucional vai servir de base para o comercial ou administrativo seguir o mesmo caminho do cliente e atingir metas e objetivos. Esta base pode ser a aproximação, comunicação, ou o famoso “a informação não pode ficar com uma só pessoa”. E aí o marketing é capaz de encontrar algumas lacunas a serem preenchidas dentro da equipe, mesmo.


Confira as cinco “Bolas fora” mais frequentes:
  1. Criar falsas expectativas em seus clientes;
  2. Falta de envolvimento necessário entre as equipes de marketing, administrativa e operacional para identificar valores, percepções e necessidades dos clientes;
  3. Falta de pesquisa e desenvolvimento necessários para que a empresa se destaque diante da concorrência;
  4. Falta de um 'media mix' que trabalhe a imagem da empresa junto aos diversos públicos-alvos, como ações de comunicação interna, relações públicas, publicidade, pesquisas de satisfação do cliente, estudo da concorrência etc.
  5. Falta de atualização constante acerca dos serviços prestados e produtos/equipamentos utilizados.


E as “Bolas dentro”
  1. Determine gols bastante específicos e estabeleça um prazo máximo para alcançá-los. Cada gol emplacado deve ser não só comunicado, mas também comemorado com os colaboradores;
  2. Defina as melhores ferramentas que o ajudarão a atingir as metas estabelecidas. É importante que a equipe envolvida e a alta administração saibam exatamente o que esperar de cada uma delas. Isso inclui internet, newsletters, mala direta, house organ (jornal institucional), anúncios em revistas segmentadas e jornais diários, assessoria de imprensa, realização de eventos etc.;
  3. Certifique-se de contar com todos os recursos necessários para atender à demanda gerada;
  4. Não tente centralizar tudo. Delegue tarefas na implementação de cada item do plano, sendo claro sobre o que espera de cada parceiro de trabalho;
  5. Não seja inflexível, já que a maioria das variáveis não é constante. Monitore os resultados alcançados e faça os ajustes necessários ao longo da execução do plano de marketing institucional.


Nenhum comentário:

Postar um comentário